Horario Nobre, Centralizador de Conteúdo
Bem vindo
Login / Registrar

Vinícius Torres Freire / Nos estragos do caminhonaço, demagogia eleitoreira

Carregando...

Obrigado! Mostre para seus amigos!

URL

Você detestou este video. Obrigado pela sua opinião!

Sorry, only registred users can create playlists.
URL


Adicionado em by in Jornal da Gazeta Cotidiano
7 Visualizado

Descrição

A agropecuária está uma desordem. O preço do transporte de cargas aumento e ninguém ainda sabe onde vai parar. Então, emperram os negócios, os preços aumentam.

Tudo isso por causa do tabelamento do preço do frete, que o governo de Michel Temer decretou por medida provisória e os deputados aprovaram ontem. Tudo isso ainda é resultado do paradão caminhoneiro de maio.

Há atraso na entrega de fertilizantes e rações. Há grãos parados nos silos por causa da bagunça. O plantio da próxima safra pode atrasar. Os preços da comida devem aumentar.

Como a gente deve se lembrar, o caminhonaço conseguiu desconto no preço do diesel. Quem vai pagar? O governo. Isto é, todo mundo. São mais de 13 bilhões de reais até o final do ano, o equivalente a 80% do gasto com o Bolsa Família, que alimentam mais de 50 milhões de pessoas pobres ou miseráveis.

Não é só na agropecuária que os custos vão aumentar. Hoje, as indústrias de São Paulo, a Fiesp, publicou pesquisa mostrando que mais da metade das empresas deve aumentar seus preços, por causa do aumento do custo do frete.

Enfim, o tabelamento do frete ainda vai parar na Justiça, aumentando ainda mais a baderna.

Políticos da esquerda à direita apoiaram o caminhonaço. Assumem a responsabilidade pelos seus efeitos? Não. Não estão nem aí. Ou até pior do que isso. Hoje, os deputados aprovaram uma anistia para quem bloqueou estrada e tomou muito, para quem cometeu outras ilegalidades, para empresário que fez locaute, greve patronal, que a lei proíbe.

A decisão ainda vai passar pela votação do Senado e pode até ser vetada por Temer. Mas a gente entendeu o espírito da coisa.

Pouco importa se o caminhonaço contribuiu para apodrecer o clima político do país, para a alta de juros, para a alta da inflação, para quase um bimestre perdido na economia, para a redução do crescimento já minguado do país. A demagogia eleitoreira já faturou os seus votos.
O país que se estrepe.

Envie um Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar
RSS