Horario Nobre, Centralizador de Conteúdo
Bem vindo
Login / Registrar

Bob Fernandes/Crivella se foi, ACM não paga, Huck e Doria no BNDES e Bolsonaro tem Solução Final

Carregando...

Obrigado! Mostre para seus amigos!

URL

Você detestou este video. Obrigado pela sua opinião!

Sorry, only registred users can create playlists.
URL


Adicionado em by in Jornal da Gazeta Cotidiano
15 Visualizado

Descrição

No Rio, a escola de samba Tuiuti expôs o que muita gente já sabe. Ou deveria saber sobre o Brasil.
.
Sobre a escravidão e dolorosa herança: as chagas sociais, econômicas e culturais, que perduram.
.
No enredo da Tuiuti, patos, reforma trabalhista e "manifestoches": manifestantes fantoches com camisas da CBF.
.
A Tuiuti expôs o que muita gente não sabe... E tentaram esconder. E o que muita gente sabe e faz de conta não saber.
.
O Rio escancarou: elegeu Crivella, mas não tem prefeito. O Bispo abomina carnaval. Pelo segundo ano fugiu da festa.
.
Refugiou-se na Europa. Voou de classe executiva. Liberal à brasileira, com assessores e com o Estado pagando a conta. O governador Pezão se escondeu na sua Piraí.
.
Para o bem, e para o mal, 6,5 milhões de cariocas e turistas se viraram numa cidade sem controle. O Rio cantou Crivella, mas quase sempre impublicável.
.
ACM Neto, do DEM, governa Salvador. Nos circuitos oficiais do carnaval é proibido vender cerveja que não seja do patrocinador. É apreendida.
.
Isso nas ruas, públicas. E o prefeito se diz "liberal", contra interferência do Estado.
.
Músicos do Brasil denunciaram: a prefeitura de Salvador, liberal, deve mas não paga direitos autorais.
.
Nesse carnaval do liberalismo à brasileira o site "Tijolaço" revelou: Luciano Huck e Dória compraram jatinhos com financiamento do BNDES.
.
Huck por R$ 17,7 milhões, governo Dilma, juros de 3,5% ao ano. Doria, no governo Lula: R$ 44 milhões, juros de 4,5%. Empresa em nome do filho; o do Doria.
.
Huck e Doria acabaram no BNDES. Aquele banco investigado, esculhambado porque só teria sido usado por "vermelhos" para favorecer "amigos vermelhos".
.
No Globo, Lauro Jardim relatou ideia de Bolsonaro: Helicóptero sobrevoaria a Rocinha, de 70 mil moradores, jogando alertas: criminosos teriam 6 horas para se render.
.
Findo esse prazo, metralharia. Bolsonaro nega, mas a frase foi dita. Mil executivos do mercado financeiro presentes. Discute-se é o tom e o alcance do dito...
.
...Seriam metralhados só os rendidos e em fuga, ou seria a "Solução Final?"

Envie um Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar
RSS